Amazonas volta à fase laranja de transmissão de Covid-19 após queda na média casos e hospitalizações

O Amazonas retornou à fase laranja de transmissão de Covid19, após uma redução de 52% na média diária de casos confirmados de Covid-19 e de 50% hospitalizações pela doença, incluindo leitos clínicos e de Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Segundo o governo do estado, as reduções foram identificadas na análise epidemiológica do período entre 26 de janeiro até terça-feira (8).

A fase laranja representa risco moderado de transmissão. Antes, o estado encontrava-se na fase vermelha, por causa do aumento de casos em função da variante Ômicron do coronavírus.

Ainda segundo o governo, na média diária de casos confirmados de Covid-19, houve redução de 43% em Manaus e de 72% no interior do estado.

Já em relação às internações, foram identificadas reduções de 51% na ocupação de leitos hospitalares na capital, e de 46% no interior.

A diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde, Tatyana Amorim, destaca que, mesmo com a mudança no cenário, é preciso manter os cuidados de prevenção.

“Estamos na fase moderada, também conhecida como laranja, que ainda exige a manutenção das medidas não farmacológicas. Aliadas à vacinação contra Covid-19, essas são nossas ferramentas para frear a disseminação do novo coronavírus e podermos avançar para a fase de transmissão com risco ainda mais baixo”, diz Tatyana.

No período de 14 dias analisado, a média móvel diária de óbitos no estado está em 9. s.

“Outro dado importante de destacar é que os pacientes sem vacinação apresentaram risco de internação quatro vezes maior. Por isso, sempre lembramos da importância de manter o esquema vacinal atualizado”, destaca.

Perfil de contaminados

Os adultos de 20 a 39 anos representam 46% dos casos confirmados de Covid-19 no Amazonas em 2022, seguido dos adultos de 40 a 59 anos (34%).

Das 1.492 hospitalizações por Covid-19 em 2022, 52% eram idosos com mais de 60 anos, sendo a faixa etária de 60 a 79 anos a mais atingida, com 31% das hospitalizações. Os menores de 20 anos correspondem a 10% das internações.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: