Auxílio Enchente começa a ser pago em Anamã pelo governador Wilson Lima

O governador Wilson Lima deu continuidade à Operação Enchente nesta sexta-feira (7) e coordenou a entrega de um pacote de ações na cidade de Anamã. Os moradores deste município foram os primeiros no estado a receber o Auxílio Estadual Enchente no valor de R$ 300. O município é o 13º visitado pelo governador nesta operação.

Conforme dados da Secretaria Executiva de Ações de Proteção e Defesa Civil, a cidade de Anamã, no Baixo Solimões, já contabiliza 9.570 pessoas afetadas pela enchente do rio. A cidade é um dos municípios com a situação mais crítica em todo o Amazonas, com as águas cobrindo praticamente toda a cidade e a locomoção sendo possível apenas por meio de embarcações.

“O caso de Anamã é muito emblemático, porque toda a cidade acaba indo para baixo d’água”, avaliou o governador. “Nós estamos trazendo ajuda humanitária, uma unidade de saúde. Estamos nos preocupando com a questão da água potável, que é um problema grave nesse momento”, completou o governador.

Cota única

Os moradores do município foram os primeiros a receber do governador os cartões magnéticos que dão direito ao Auxílio Estadual Enchente. O benefício de R$300 – pago em parcela única – é direcionado às famílias que tiveram as casas inundadas.

A dona de casa Thaís Rodrigues, 28, foi uma das beneficiadas e agradeceu o apoio do Governo do Estado. “Chega em boa hora porque eu tenho três crianças, meu marido está desempregado, então eu agradeço muito a Deus, primeiramente, e ao governador que teve essa ideia de fazer isso. Eu agradeço muito”, reforçou Thaís.

Balsa hospitalar

A unidade flutuante de saúde presta atendimento à população do município neste momento em que a cheia invadiu o Hospital Francisco Sales de Moura. A estrutura, que oferece serviços de urgência e emergência, é equipada com sala de parto e alojamentos para as enfermarias, inclusive para pacientes com Covid-19. O local também servirá de ponto de vacinação contra esta doença.

Água potável

O Governo do Estado instalou uma Estação de Tratamento Móvel de água instalada na cidade. A estrutura, que foi vistoriada pelo governador, faz a captação e tratamento da água do rio para abastecer a população no município. A cheia comprometeu o fornecimento de água potável para consumo. Em média, a estação tem capacidade para distribuir 15 mil litros de água purificada em 9 horas.

 

Fonte: Com informações da assessoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

%d blogueiros gostam disto: